O Facebook lança nesta terça-feira os Instant Articles na América Latina, uma maneira para oferecer às pessoas uma experiência ainda mais rica e rápida para ler notícias nos dispositivos móveis – além de uma ferramenta nova que permite aos veículos de comunicação levar histórias interativas para os leitores pelo Feed de Notícias do Facebook. Agora, cerca de 40 organizações de mídia vão começar a usar os Instant Articles no Brasil, Argentina, Chile, Colômbia e México.

Conforme mais pessoas acessam notícias em seus dispositivos móveis, queremos transformar esta experiência para que ela seja mais rápida e rica no Facebook. Hoje, uma notícia demora cerca de oito segundos para carregar, o que é, de longe, o tipo de conteúdo mais lento na plataforma. Os Instant Articles fazem com que a experiência de leitura seja 10 vezes mais rápida em relação às matérias da internet abertas em dispositivos móveis. Uma série de recursos interativos permitem que os leitores ampliem o texto, explorem fotos em alta definição ao mover o celular, assistam a vídeos que são reproduzidos automaticamente enquanto leem uma notícia, naveguem por mapas interativos, escutem opções de áudio e até curtam e comentem partes específicas de uma matéria.

Os Instant Articles estarão disponíveis neste primeiro momento para algumas das principais organizações de mídia latino-americanas e norte-americanas de língua espanhola, como Telemundo. No Brasil, são elas: AdoroCinema, Bolsa de Mulher, Capricho, Catraca Livre, Esporte Interativo, Estadão, Exame, G1, M de Mulher, R7, Veja e Veja SP.

Globalmente, já são mais de 200 veículos de comunicação, entre The New York Times e National Geographic nos EUA, BBC News no Reino Unido, Bild e Spiegelen na Alemanha, e outros títulos que se unem agora ao lançamento na região, como La Nación e Clarín na Argentina, Caracol na Colômbia, Azteca no México, e Teletrece e La Tercera no Chile.

Os Instant Articles estarão disponíveis para todos os usuários de iPhone na América Latina e serão estendidos gradualmente para Android nas próximas semanas.

Mais controle para os produtores de conteúdo

Além de levarem suas notícias de maneira mais rápida e interativa aos leitores, os veículos de mídia ainda conseguem manter sua identidade visual e ampliar as oportunidades de monetização, ficando com 100% da receita em anúncios vendidos de forma direta a clientes e anunciantes. Eles também conseguem monitorar dados de audiência por ferramentas próprias e pela comScore, empresa especializada em medição de audiência digital. Os Instant Articles utilizam as linguagens da web e os sistemas que os veículos de comunicação já costumam trabalhar: RSS e HTML.

 

12057113_1925723270987169_550903923_n

“Estamos animados em levar os Instant Articles para a América Latina e ajudar as organizações de mídia parcerias a tornar suas histórias acessíveis com facilidade aos leitores nos dispositivos móveis”, disse Andy Mitchell, diretor de parcerias de mídia globais no Facebook. “Mais de 80% dos usuários do Facebook na América Latina acessam a plataforma por meio de dispositivos móveis, e os Instant Articles oferecem a eles uma experiência melhor e com mais possibilidades de interação para ver notícias, onde quer que estejam.”

Para os leitores, a experiência dos Instant Articles é natural – são exatamente as mesmas matérias que já estão no seu Feed de Notícias do Facebook, mas de uma maneira mais bonita e mais rápida. Quando um amigo ou um veículo de comunicação compartilhar um link no Facebook, a nova experiência será mostrada automaticamente se uma versão dos Instant Articles estiver disponível. Um ícone com um raio vai te ajudar a reconhecer facilmente os Instant Articles.