O Centro de Valorização da Vida (CVV), a Safernet Brasil e o Facebook lançam nesta quarta-feira (26) o guia “Ajude um Amigo em Necessidade”, com dicas sobre como identificar sinais de que um amigo pode estar enfrentando dificuldades emocionais, e o que fazer para ajudar em situações como essa.

Mensagens, fotos ou vídeos na Internet de uma pessoa falando que se sente sozinha, desemparada e que mostra irritabilidade ou hostilidade fora do comum são indícios de que ela pode precisar de ajuda.

Especialistas afirmam que a primeira ação a ser feita em situações como essa é conversar com a pessoa, colocando-se à disposição para dar suporte. O guia explica que é importante demonstrar que não é errado pedir ajuda, e mencionar que há opções de assistência como as oferecidas pelo CVV e pela Safernet. Se a pessoa fizer uma ameaça explícita de suicídio, deve-se ligar para o 190 ou para uma linha direta para prevenção de suicídio como a do CVV (141 para cidades onde há CVV ou acessar o site CVV.org.br para conversar por chat, email ou skype).

Todos podem prestar atenção aos sinais de que uma pessoa próxima pode estar pensando em se matar”, diz Carlos Correia, voluntário do CVV. “A primeira atitude a ser tomada é levar isso a sério e não achar simplesmente que é algo para chamar a atenção.”

O CVV presta serviço voluntário e gratuito de apoio emocional e prevenção de suicídio sob total sigilo, com mais de 1 milhão de atendimentos anualmente por cerca de 2 mil voluntários em quase todo o país. “Há 55 anos o CVV atende gratuitamente e exclusivamente por meio do voluntariado. Somos, provavelmente, uma das organizações que mais têm voluntários no país e sempre buscamos novos interessados, sem nenhuma formação específica ou experiência prévia”, diz Correia, do CVV.

“Este guia representa um importante esforço ao ensinar como amigos e conhecidos podem estar atentos aos sinais de sofrimento e ajudar alguém em necessidade. Neste momento de exposição a respeito de situações de risco na internet, é fundamental disseminar informações confiáveis e potencializar os aspectos positivos da rede”, afirma a pscióloga e coordenadora da Safernet Brasil, Juliana Cunha.

A Safernet oferece serviço gratuito de ajuda contra crimes e violações dos Direitos Humanos na internet, e possui um canal de comunicação que oferece orientações de psicólogos a crianças e adolescentes e a seus próximos que vivenciaram situações de violência online como humilhações, intimidações, chantagem e tentativa de violência sexual.

“Milhões de brasileiros vêm ao Facebook para se conectar com as pessoas que são importantes para eles, e valorizamos muito a parceria com o CVV e a Safernet para ajudar as pessoas em dificuldades e para construir uma comunidade mais segura”, diz o diretor de Relações Institucionais do Facebook no Brasil, Bruno Magrani.

“No Brasil, já trabalhamos com essas organizações para oferecer suporte às pessoas que possam estar enfrentando situações de estresse. Também temos na plataforma, dentro da nossa Central de Ajuda, um Portal para Pais e Mães e uma Central de Prevenção ao Bullying, entre outros recursos”, acrescenta Magrani.

O guia lançado por CVV, Safernet e Facebook sobre como identificar e ajudar pessoas em dificuldades é baseado em evidências. O material se destina a fins informativos e educativos, e não pretende proporcionar orientações médicas ou substituir diagnóstico ou tratamento profissional.

O guia com dicas para identificar e ajudar pessoas em dificuldades está disponível aqui.
Para mais informações, acesse:

http://www.cvv.org.br/

http://new.safernet.org.br/

https://www.facebook.com/safety