Saiba mais sobre nossas pessoas, programas e avanços em 2017

Por Maxine Williams, Diretora Global de Diversidade

Com uma comunidade global de mais de 2 bilhões de pessoas, o Facebook sabe da importância de ser uma empresa mais diversa e inclusiva. A diversidade nos ajuda a construir melhores produtos, a tomar melhores decisões e a servir melhor nossa comunidade.

Ainda não estamos onde gostaríamos, mas estamos otimistas por termos aumentado a diversidade dentro da nossa empresa. No período de 12 meses, o número de mulheres no nosso quadro global de funcionários subiu de 33% para 35%, e o número de mulheres na área de tecnologia subiu de 17% para 19%. No mundo, as mulheres agora representam 27% das contratações de graduados no time de engenharia e 21% de todas as novas contratações em áreas técnicas no Facebook.

Nos Estados Unidos, os hispânicos e os negros representam agora 5% e 3% dos funcionários, acima de 4% e 2%, respectivamente, um ano antes.

Nós já estamos vendo impacto tangível de mais diversidade no Facebook – e queremos continuar a encontrar e a manter os melhores talentos.

Estamos comprometidos em construir uma empresa mais diversa e inclusiva. Assim como fazemos quando lançamos novos produtos em nossa plataforma, estamos experimentando e queremos ouvir feedback. Queremos destacar três programas em particular relacionados à diversidade:

  • Diversidade de candidatos: Quanto mais pessoas você entrevistar que não se pareçam com você, maior a chance de você contratar alguém com um background diverso. Para fomentar essa mentalidade no Facebook, em 2015 nós introduzimos o “Diverse Slate Approach (DSA), que passamos a adotar globalmente. O DSA determina que qualquer gestor vai considerar candidatos de grupos sub-representados durante o processo de entrevistas para uma vaga.
  • Detectando o preconceito inconsciente: Nossas sessões sobre como gerenciar o preconceito inconsciente – abertas e disponíveis a todos, e não apenas a funcionários – encoraja as pessoas a desafiarem os outros e a si mesmas para corrigir qualquer preconceito assim que isso é identificado. Nós também criamos dois novos programas internos: “Gerenciando a Inclusão”, que capacita os gerentes a compreender os problemas que afetam comunidades marginalizadas, e “Seja um Aliado”, que oferece a todos a linguagem comum, as ferramentas e o espaço para apoiar uns aos outros.
  • Universidade do Facebook: Nós queremos aumentar o acesso e as oportunidades para estudantes interessados em engenharia de software e negócios. A Universidade do Facebook é um programa para oferecer a estudantes de grupos sub-representados treinamento e mentoria nos Estados Unidos. Iniciamos a Universidade do Facebook em 2013 com 30 estudantes, e desde então mais de 500 estudantes se formaram no programa, com muitos deles retornando ao Facebook como estagiários ou funcionários.

Você pode ver os números sobre funcionários e ler mais sobre nossas pessoas, bem como sobre nossos esforços de curto, médio e longo prazo para aumentar a diversidade aqui.