Projeto do Facebook inédito no mundo, Estação Hack São Paulo reunirá jovens interessados em programação, empreendedores e startups – objetivo é oferecer mais de 7.400 bolsas anuais.

O Facebook anuncia nesta segunda-feira, 28, que está investindo na criação de um centro para inovação no país, a Estação Hack São Paulo, primeiro projeto deste tipo da empresa no mundo. O local abrigará diversas iniciativas, incluindo cursos gratuitos de programação para jovens e workshops sobre empreendedorismo e planejamento de carreira, além de aceleração para startups nacionais.

Com a Estação Hack, o Facebook busca colaborar para o desenvolvimento do ecossistema econômico e de tecnologia no Brasil, capacitando jovens de baixa renda em programação, ajudando na criação de novos negócios e fornecendo recursos para os pequenos e médios empresários crescerem usando a economia digital a seu favor.

“Queremos reforçar nosso comprometimento com o Brasil e, por isso, vamos fazer aqui um investimento inédito. Vamos ajudar a formar o jovem brasileiro para algumas das profissões do futuro, dentro de um ambiente de estímulo à inovação”, afirma Diego Dzodan, Vice-Presidente do Facebook e Instagram para América Latina. “A Estação Hack é um investimento no futuro do Brasil. Queremos oferecer aos brasileiros que querem inovar as ferramentas para fazer isso.”

Localizado no coração da cidade de São Paulo, a Avenida Paulista, o espaço será inteiramente pensado para promover o encontro de ideias, incorporando elementos do DNA do Facebook conhecido como ‘cultura Hack’, com a premissa de que tudo está em permanente construção e pode ser aperfeiçoado de forma colaborativa. A Estação Hack deverá ser aberta até o fim deste ano e terá uma área exclusiva dentro do coworking WeWork.

Ao todo, serão oferecidas bolsas a mais de 7.400 jovens brasileiros por ano nas áreas de programação, planejamento de carreira e gestão de empresas. Os cursos e workshops serão ministrados por parceiros com reconhecida atuação nessas áreas: Mastertech, MadCode, Reprograma, JuniorAchievement e Centro de Empreendedorismo e Negócios da FGV (FGVcenn). Em outra frente, o Facebook e a Artemisia, organização sem fins lucrativos pioneira no fomento de negócios, implementarão um programa de aceleração de startups com potencial de alto impacto social.

A Estação Hack também abrigará sessões dos programas de empreendedorismo e de marketing digital do próprio Facebook, como o Impulsione Seu Negócio e o #ElaFazHistória. Desde 2015, esses dois programas já capacitaram mais de 200 mil pequenos e médios empreendedores brasileiros, por meio de workshops presenciais e online.

Mais informações sobre a Estação Hack: www.facebook.com/estacaohack/