Escolas ganharão equipamentos para a produção de vídeos usando tecnologia 360 e educadores terão treinamento realizado em parceria com a ONG Recode. No desafio, grupos de alunos competirão pelo melhor vídeo 360.

O Facebook anuncia nesta segunda-feira (11), em parceria com a ONG Recode, o lançamento do Projeto Cineastas 360 no Brasil em 2018, em que alunos de escolas públicas de todo o país usarão a tecnologia de vídeo 360 para produzir filmes que retratem questões relevantes de suas comunidades, usando a metodologia de formação de agentes de transformação Recode.

Durante o projeto, os estudantes do Ensino Médio aprenderão novas habilidades em tecnologia e produção de vídeo 360, tendo a oportunidade de explorar possibilidades de carreira em campos técnicos e criativos. Todos os equipamentos permanecerão com as escolas após o término do projeto: o Facebook doará a cada um dos colégios participantes três kits com os equipamentos Gear VR, celular Samsumg, câmera e tripé.

“O uso de realidade virtual tem transformado os mais diversos campos, da medicina à educação. Nossa intenção com o Projeto Cineastas 360 é dar aos estudantes a chance de criar e desenvolver conteúdos usando essas novas tecnologias”, afirma Diego Dzodan, Vice-Presidente do Facebook e Instagram para America Latina. “Os estudantes aprenderão uma nova forma de comunicação usando tecnologia de ponta, enquanto escolas e seus educadores passarão a ter treinamento e capacidade técnica para usar tecnologia 360 no ensino”, acrescenta.

Serão selecionadas duas escolas públicas em cada uma das cinco regiões do Brasil para participar do projeto – uma por semestre -, num total de dez escolas em 2018. A Recode, voltada ao empoderamento digital de jovens, vai mobilizar educadores e alunos para nos colégios para desenvolver os roteiros, filmar usando tecnologia 360 e fazer edição de vídeo, que abordará algum desafio ou aspecto da cultura local.

Rodrigo Baggio, presidente e fundador da ONG Recode, afirma: “O Recode com sua experiência de 22 anos em inovação social acredita que a próxima geração de programas de empoderamento digital será através das tecnologias exponenciais. Essa parceria com o Facebook faz com que possamos realizar esse sonho de levar a tecnologia de realidade virtual como ferramenta de cidadania e inserção no mundo do trabalho.”

O anúncio do Projeto Cineastas 360 acontece no dia de abertura da Estação Hack, centro para inovação do Facebook em São Paulo que abrigará diversas iniciativas, incluindo cursos gratuitos de programação para jovens e workshops sobre empreendedorismo e planejamento de carreira, além de aceleração para startups nacionais.

O melhor filme produzido por cada uma das escolas participantes do projeto será levado a um grupo de jurados na Estação Hack. Os dois vídeos ganhadores, um por semestre, serão publicados na Página do Facebook Brasil.

O Cineastas 360 foi desenvolvido a partir de um projeto similar feito pelo Facebook nos Estados Unidos em parceria com a ONG Digital Promise, também envolvendo a tecnologia de realidade virtual. Entre os temas abordados nos vídeos 360 feitos por estudantes norte-americanos estão o bullying, a diversidade e a experiência de ser filho de imigrantes vivendo nos EUA.