O Facebook lança no Brasil, na próxima semana, seu programa de verificação de notícias, em parceria com as agências de checagem Aos Fatos e Agência Lupa.

As duas agências de verificação terão acesso às notícias denunciadas como falsas pela comunidade no Facebook para analisar sua veracidade. Os conteúdos classificados como falsos terão sua distribuição orgânica reduzida de forma significativa no Feed de Notícias. Páginas no Facebook que repetidamente compartilharem notícias falsas terão todo o seu alcance diminuído.


Esse mecanismo permitiu cortar em até 80% a distribuição orgânica de notícias consideradas falsas por agências de verificação parceiras nos Estados Unidos, onde a ferramenta já está funcionando há algum tempo.

“Estamos comprometidos em combater a disseminação de notícias falsas no Facebook. Essa parceria com Aos Fatos e Agência Lupa é mais um passo em nossos esforços para combater a desinformação e melhorar a qualidade das notícias que as pessoas encontram no Facebook”, afirma a líder de parcerias com veículos de mídia do Facebook para América Latina, Cláudia Gurfinkel.

“Aos Fatos foi criado sob a premissa de que todas as pessoas têm direito à informação verificada. Essa iniciativa casa bem com essa filosofia, além de amplificar o necessário trabalho dos checadores de fatos durante um período crítico da história brasileira”, diz a diretora de Aos Fatos, Tai Nalon.

“Entramos neste projeto com muita energia e acreditando fortemente no impacto que ele terá, ainda mais num ano eleitoral. Melhorar a qualidade do debate público é um desafio para toda a sociedade, e estamos felizes em participar desta iniciativa junto com o Facebook”, diz a diretora da Agência Lupa, Cristina Tardáguila.

Além de reduzir o alcance de conteúdos considerados falsos, o Facebook enviará notificações para pessoas e administradores de Páginas que tentarem compartilhar esse conteúdo, alertando-os que a sua veracidade foi questionada por agências de verificação.

Notícias consideradas falsas pelas agências de verificação não poderão ser impulsionadas no Facebook. E as Páginas que publicarem com frequência tais conteúdos não terão mais a opção de usar anúncios para construir suas audiências.

Artigos Relacionados

Aos Fatos e Agência Lupa poderão, ainda, associar a sua checagem a uma notícia que tenha sido questionada. Esse texto com a checagem será mostrado no Feed de Notícias por meio do recurso Artigos Relacionados, fornecendo mais contexto às pessoas para que tomem decisões mais informadas sobre o conteúdo que consomem.

O programa de verificação de notícias do Facebook está disponível em alguns países e conta com a parceria de organizações de checagem integrantes da International Fact-Checking Network (IFCN), da Poynter.