Por Erin Egan, vice-presidente de Privacidade do Facebook

A partir de hoje, iremos notificar mais de 800 mil pessoas sobre um bug no Facebook e no Messenger que desbloqueou algumas pessoas que elas tinham bloqueado. O bug ficou ativo entre 29 de maio e 5 de junho e, ainda que a pessoa bloqueada não conseguisse ver o conteúdo compartilhado com amigos, ela poderia ver posts compartilhados com uma audiência maior. Por exemplo, fotos compartilhadas com amigos de amigos. Nós sabemos que a possibilidade de bloquear alguém é importante – e queremos nos desculpar e explicar o que aconteceu.

Quando você bloqueia alguém no Facebook, essa pessoa não consegue mais ver conteúdos que você publica no seu perfil, não pode conversar com você no Messenger e nem te adicionar como amigo. O bloqueio também faz com que automaticamente as duas pessoas deixem de ser amigos. O que aconteceu neste bug foi o seguinte:

  • Não foi restabelecida nenhuma conexão de amigo que havia sido cortada;
  • 83% das pessoas afetadas pelo bug tiveram apenas uma pessoa desbloqueada temporariamente; e
  • Alguém que tenha sido desbloqueado talvez tenha sido capaz de contatar pelo Messenger a pessoa que a bloqueou.

Esse problema já está solucionado e as pessoas que foram desbloqueadas já foram novamente bloqueadas. Quem tiver sido afetado receberá uma notificação no Facebook, incentivando que verifique a lista de pessoas bloqueadas.


Há muitas razões para que as pessoas bloqueiem alguém no Facebook. Por exemplo, se o relacionamento entre as duas pessoas mudou ou se elas querem dar um tempo de ver algum conteúdo que considerem importuno. Outras razões são mais sérias, como assédio ou bullying.

Para mais informações sobre como bloquear alguém no Facebook, ou mais informações sobre como lidar com bullying ou assédio, visite o site facebook.com/safety.