Por Ime Archibong, vice-presidente de Parcerias de Produtos

Hoje, nós banimos o myPersonality – um aplicativo que esteve ativo principalmente antes de 2012 – do Facebook por não aceitar nosso pedido de auditoria e porque está claro que eles compartilharam informações com pesquisadores e empresas com proteções mínimas. Como resultado, estamos notificando as cerca de 4 milhões de pessoas que escolheram compartilhar suas informações no Facebook com o myPersonality, que pode tê-las usado de forma incorreta. Como não temos no momento nenhuma evidência de que o myPersonality acessou as informações de quaisquer amigos dessas pessoas, não os notificaremos. Caso isso mude, eles também serão notificados.

Desde que iniciamos nossa investigação de aplicativos em março, já analisamos milhares de aplicativos. E suspendemos mais de 400 deles devido à preocupação sobre os desenvolvedores que os criaram ou sobre como as informações que as pessoas escolhiam compartilhar com eles podem ter sido usadas – algo que agora estamos investigando com muito mais profundidade.

É também por isso que temos mudado muitas de nossas políticas – como a expansão da revisão de aplicativos e nossa nova política de que aplicativos não podem acessar suas informações se você não os usou em um período de 90 dias. Continuaremos a investigar aplicativos e fazer as alterações necessárias em nossa plataforma para garantir que estamos fazendo tudo o que podemos para proteger as informações das pessoas.