Por Ime Archibong, vice-presidente de parcerias de produtos

Líderes de comunidades desempenham um papel crítico em aproximar as pessoas. Muitos desses líderes usam o Facebook, Messenger e WhatsApp para criar essas conexões, e com frequência nos dizem que poderiam ter mais impacto caso tivessem mais suporte, melhores ferramentas e acesso a financiamento. Criamos o Programa de Líderes de Comunidades do Facebook para capacitar esses líderes que estão construindo comunidades em todo o mundo. Hoje, estamos anunciando as 115 pessoas que foram selecionadas para o programa.

Desde o anúncio do programa em fevereiro, recebemos mais de 6.000 inscrições de todo o mundo. Um comitê de seleção, que incluía funcionários e especialistas em comunidade de fora do Facebook, analisou cada inscrição para que pudéssemos identificar líderes com uma visão forte, clara e comprometida com sua comunidade.

Cinco participantes foram selecionados como líderes de comunidade residentes, que receberão até 1 milhão de dólares para financiar suas iniciativas. O valor final recebido será determinado com base na proposta de orçamento criada e enviada por cada residente como parte do treinamento do programa.

  • Paula Pfeifer decidiu quebrar o isolamento social causado pela perda auditiva criando uma comunidade com outras pessoas que compartilham sua experiência. Ela reúne pessoas no Brasil que são surdas e usam a tecnologia para oferecer apoio emocional e compartilhar informações úteis entre si.
  • Adhunika Prakash construiu uma comunidade com mais de 80.000 mulheres na Índia que oferecem e recebem apoio ao longo de suas várias etapas da jornada de amamentação. Sua visão inclui trabalhar com hospitais na Índia para ajudar a treinar e apoiar pais, especialmente nas áreas rurais.
  • Christian Delachet é co-fundador da Wanted Community, um lugar para as pessoas oferecerem apoio diário e ajuda mútua aos seus vizinhos tanto online quanto na vida real. Eles estabeleceram grupos de vizinhança locais em toda a França e ele planeja criar uma rede de locais físicos para os membros da comunidade se conectarem uns com os outros.
  • Latasha Morrison quer equipar a próxima geração para liderar o caminho para a reconciliação racial nos EUA. Sua rede online de pequenos grupos encoraja as pessoas a se encontrarem na vida real e ela espera fortalecer essas conexões por meio de sua residência.
  • Noah Nasiali reuniu online mais de 100.000 agricultores em toda a África em menos de um ano. Sua comunidade ajuda os agricultores a obter conhecimento e compartilhar informações que têm impacto crítico no mundo físico da agricultura, incluindo o aumento da produção e dos lucros.

O programa também abrigará mais de 100 bolsistas e jovens participantes que receberão até 50.000 dólares cada para usarem em suas iniciativas. Este grupo inclui líderes com diversas perspectivas de diferentes partes do mundo, mas que compartilham o objetivo comum de ajudar suas comunidades a prosperar. Para saber mais sobre eles acesse communities.fb.com. Sabemos que eles terão grandes conquistas no próximo ano e estamos animados para começar.