Por Antigone Davis, Head Global de Segurança

Todos merecem se sentir seguros no Facebook, e é importante auxiliar pessoas que enfrentam bullying e assédio online. Hoje, apresentamos novas ferramentas e programas para que as pessoas tenham mais controle sobre experiências que possam ser consideradas indesejadas, ofensivas ou prejudiciais, no Facebook.

Novas ferramentas para moderação de comentários, relatórios e apelação

Estamos dando para as pessoas mais controle sobre como elas interagem com as postagens no Facebook, uma vez que maus atores às vezes usam comentários para intimidar ou assediar as pessoas. Estamos lançando uma maneira de as pessoas ocultarem ou excluirem vários comentários de uma só vez no menu de opções do post. Esse recurso está sendo implementado no desktop e no Android e estará disponível no iOS nos próximos meses. Também estamos testando maneiras de pesquisar e bloquear palavras ofensivas nos comentários com mais facilidade.

Ser alvo de atenção indesejada pode ser estressante e algumas pessoas podem não se sentir confortáveis em denunciar um agressor ou assediador. Em outros casos, bullying ou intimidação acontece sem o conhecimento das vítimas. Se você ver um amigo ou membro da família sendo intimidado ou assediado, agora pode denunciar alguém pelo menu acima do post em que você está preocupado. Uma vez relatada, nosso revisores de conteúdo irão checar o post, manterão seu relatório anônimo e determinarão se ele viola nossos Padrões da Comunidade.

As pessoas também poderão recorrer de decisões sobre casos envolvendo bullying e assédio. No início deste ano, anunciamos um processo que permite que as pessoas solicitem outra revisão de suas fotos, vídeos ou postagens que foram retiradas por violar os Padrões da Comunidade por nudez, atividade sexual, discurso de ódio ou violência explícita. Agora, estendemos essas revisões para bullying e assédio – isso significa que, se o seu conteúdo tiver sido retirado por bullying ou assédio, você terá a oportunidade de solicitar outra revisão. Da mesma forma, em breve você poderá solicitar uma revisão adicional se denunciar uma parte de algum conteúdo por bullying ou assédio e você achar que cometemos um erro ao determinar se viola nossas políticas.

Mais proteção para figuras públicas

Nossas políticas para bullying e assédio protegem os indivíduos, mas permitimos a discussão aberta e crítica de pessoas que aparecem em notícias ou que têm um grande público devido a sua profissão ou atividade escolhida. Conversamos com pessoas que usam o Facebook, bem como especialistas em segurança, para encontrar maneiras de proteger melhor essas figuras públicas contra o assédio. No início deste ano, expandimos nossas políticas para evitar o assédio de jovens figuras públicas no Facebook. Nas próximas semanas, expandiremos ainda mais nossas políticas para melhor proteger as figuras públicas contra o assédio, independentemente da idade. Por exemplo, ataques graves que envolvam diretamente uma figura pública não serão permitidos pela nova política. Se alguém identificar um comportamento indesejado no Facebook, poderá denunciar a pessoa que o está assediando, ignorar anonimamente mensagens indesejadas e bloquear alguém sem que seja notificado.

Parcerias e educação

Pessoas de todo o mundo participam dos programas online de segurança e combate ao bullying do Facebook, construídos em parceria com especialistas e organizações comunitárias. Por exemplo, recentemente apresentamos uma nova parceria com a National Parent Teachers Association nos EUA para facilitar 200 eventos comunitários em cidades de todos os estados dos EUA para abordar os desafios relacionados à tecnologia enfrentados pelas famílias, incluindo a prevenção do bullying. Trabalhando com parceiros, também oferecemos um programa de segurança online ponto a ponto e anti-bullying para todas as escolas secundárias do Reino Unido. E apoiamos um programa na Índia que educou dezenas de milhares de jovens sobre segurança online, compartilhamento inteligente, privacidade e segurança.

Esperamos que os passos adicionais que estamos dando ajudem as pessoas que enfrentam bullying e assédio no Facebook. Sabemos que nosso trabalho é contínuo quando se trata de manter as pessoas seguras, e continuaremos ouvindo comentários sobre como podemos criar melhores ferramentas e aprimorar nossas políticas.

Para saber mais, visite nossa Central de Prevenção ao Bullying.