Por Sheryl Sandberg, Chief Operation Officer (COO) do Facebook

As pessoas recorrem ao Facebook para encontrar uma comunidade durante os altos e baixos da vida. Nós sabemos que a perda de um amigo ou familiar pode ser devastadora – e queremos que o Facebook seja um lugar onde elas possam dar apoio umas às outras, enquanto homenageiam a memória de pessoas queridas.

Hoje nós estamos compartilhando atualizações para que essa experiência possa trazer ainda mais apoio para nossa comunidade: uma nova seção de tributos para as contas memorializadas; mais controles para as pessoas que administram essas contas; e Inteligência Artificial para impedir que o perfil de alguém querido que faleceu apareça de maneiras dolorosas.

Essas mudanças são resultado dos feedbacks que ouvimos de pessoas de diferentes religiões e culturas assim como especialistas e acadêmicos. Estamos agradecidos por eles terem nos ajudado a entender como podemos construir novas ferramentas para auxiliar as pessoas a encontrar conforto em momentos de luto.

Nova seção de tributos

Mais de 30 milhões de pessoas veem perfis memorializados todos os meses para publicar histórias e lembrar de quem faleceu. A nova seção de tributos cria uma aba separada nos perfis memorializados, onde amigos e família podem compartilhar publicações – enquanto preservam a linha do tempo original. Isto permite que as pessoas vejam as publicações mais importantes para elas enquanto se lembram de seus entes queridos.

Controles adicionais para contatos herdeiros

Em 2015 apresentamos uma função que permite que as pessoas escolham um contato herdeiro – um membro da família ou um amigo responsável por cuidar da conta delas no Facebook quando elas morrem. Desde então, nós temos ouvido que os contatos herdeiros gostariam de poder fazer mais pelas contas memorializadas que cuidam.

Os contatos herdeiros agora podem moderar as publicações compartilhadas na nova seção de tributos removendo ou mudando configurações de marcações e editando quem pode publicar algo ou ver publicações. Isso os ajuda a administrar conteúdos que possam ser difíceis para amigos e familiares se não estiverem prontos para vê-los. Esses novos controles são agora adicionados em complemento a outros recursos que já temos há anos, como a possibilidade de atualizar as fotos de perfil e capa de uma pessoa, e de fixar uma publicação no topo do perfil, o que é frequentemente usado para dar mais informações sobre um velório.

Enquanto menores não podem ser adicionados como contatos herdeiros, nós recentemente atualizamos nossas políticas para que pais que perderam filhos com menos de 18 anos possam pedir para se tornar seu contato herdeiro. Fizemos essas mudanças com base nos feedbacks que recebemos, e esperamos que isso dê algum apoio para pais em luto.

Memorialização e Inteligência Artificial

Além de criarmos ferramentas de suporte, nós também esperamos diminuir experiências que possam ser dolorosas. Nós ouvimos das pessoas que memorializar um perfil pode ser um grande passo que nem todos estão imediatamente prontos para dar. É por isso que é tão importante que aqueles mais próximos da pessoa que faleceu possam decidir quando dar esse passo. Estamos permitindo agora que apenas amigos e familiares possam pedir para que uma conta seja memorializada.

Quando uma conta é memorializada, usamos Inteligência Artificial para evitar que esse perfil apareça em lugares que possam causar sofrimento, como recomendações para que a pessoa seja convidada para eventos ou um lembrete de aniversário para seus amigos. Nós estamos trabalhando para fazer isso cada vez melhor e mais rápido.

Vamos continuar desenvolvendo essas mudanças com base no feedback da nossa comunidade, e esperamos que o Facebook siga sendo um lugar onde as pessoas possam homenagear a memória de seus entes queridos.